AconteceGospel

Google+

AconteceBusca



Mulher sequestrada por 10 anos afirma

“Eu não quero ser consumida pelo ódio… Deus está no controle”

Em maio, o resgate de três jovens mantidas por dez anos em cativeiro por um vizinho da cidade de Cleveland, em Ohio, nos Estados Unidos (EUA), surpreendeu e chocou o mundo inteiro. Sequestradas por Ariel Castro, hoje com 52 anos, Amanda Berry, Gina DeJesus e Michelle Knight, foram estupradas e abusadas fisicamente durante o tempo em que foram mantidas em cativeiro em um porão na casa do sequestrador.

Esta semana, as jovens publicaram um vídeo agradecendo ao apoio que têm recebido desde que foram resgatadas. No vídeo, que está sendo transmitido por redes de TV em todo o mundo, as jovens agradeceram por terem sua privacidade respeitada e às doações que estão sendo feitas para um fundo que as está ajudando a recomeçarem suas vidas.

- Eu quero que todos saibam o quanto estou feliz por estar em casa com minha família e meus amigos. Tem sido inacreditável – afirmou Amanda Berry, de 27 anos.

- Cada dia me sinto mais forte e conservar minha privacidade tem me ajudado imensamente. Peço a todos que continuem respeitando nossa privacidade e nos deem tempo para que tenhamos uma vida normal – disse a jovem, que teve uma filha do sequestrador, hoje com 6 anos, durante o cativeiro.

Tímida, Gina De Jesus, de 23 anos, limitou-se a dizer “obrigado” pelo apoio. No vídeo, a jovem aparece ao lado dos pais, Felix DeJesus e Nancy Ruiz, que agradeceram ao apoio dos vizinhos e das pessoas que tem doado para o fundo em ajuda às três jovens.

A última a falar foi Michelle Knight, de 32 anos. Com um pingente em forma de crucifixo pendurado em seu pescoço, a jovem falou de como se manteve pela fé, e declarou que é necessário que se confie em Deus como juiz.

- Talvez eu tenha ido ao inferno e voltado. Mas eu sou forte o suficiente para atravessar o inferno com um sorriso em meu rosto, a cabeça erguida e os pés firmes no chão. Andando de mãos dadas com o meu melhor amigo [Deus], não deixarei que a situação defina quem eu sou, eu vou definir a situação – declarou Knight.

- Eu não quero ser consumida pelo ódio… Precisamos dar um salto de fé e saber que Deus está no controle. Nós somos feridos pelas pessoas, mas precisamos confiar em Deus como o juiz. Deus que tem um plano para todos nós. O plano que Ele me deu foi o de ajudar mim é o de ajudar a outras pessoas, que passaram o mesmo que eu passei, a saberem que existe alguém com quem podem conversar – completou a jovem, que finalizou agradecendo a todos por suas orações, e afirmando estar ansiosa por sua nova vida.

Assista ao vídeo :

202 visualizações

2013-07-10
;

Por Gospel+ - Biblia Online

Copyright © 2013-2016 acontecegospel.com.br - Email: acontecegospelbtu@acontecegospel.com.br - Desenvolvido por: Rodrigo Leonel